Close

O Que Publicar nas Redes Sociais?

Você sabe usar as mídias sociais de forma inteligente para conquistar os melhores clientes?

Você sabe o que postar nas Redes Sociais?

Mostramos aqui os 5 passos para colocar em prática a melhor estratégia se você quer gerar bons negócios através da web!

Passo 1: Fracione e distribua!

Lembre-se como funciona uma faculdade.

Dependendo do curso, são necessários 4 anos de conhecimento, certo?

Os cursos se dividem em matérias e cada matéria tem um banco de horas. Você precisa cumprir uma de cada vez, como se fossem degraus de uma escada.

Depois de passar por todas, torna-se um especialista no assunto.

Quando se planeja conteúdo para as mídias, a lógica é a mesma. Pense qual tipo de conteúdo seu público precisa, prepare um ótimo material e quebre em pílulas diárias.

Cada distribuição faz parte de uma série de informações para que, quando absorvidas, construam um conhecimento valioso para seu público. E, principalmente, associado à sua marca!

Você pode criar um e-book, por exemplo, quebrar em vários artigos de um blog, assim como cada blog post pode ser quebrado em várias peças de publicação nas mídias sociais.

Desse modo, você fica munido de bastante informação, que tenham relação entre si e, se planejadas corretamente, poderão fazer seu público retornar espontaneamente para continuar o aprendizado.

Mais ou menos, como faziam as novelas quando eram o ápice do entretenimento. A audiência retornava àquela programação na mesma hora do dia seguinte, para acompanhar os próximos capítulos.

Como você pode manter sua audiência interessada no que você tem a oferecer? Responda a isso nas suas mídias sociais!

Passo 2: Ajuste o formato da distribuição ao canal

Cada mídia social possui suas características. Não replique o mesmo conteúdo em todas, da mesma forma. Pesquise e entenda a melhor forma de atuar em cada uma delas. Falamos sobre como se comportar em cada uma das redes sociais no post: o que postar em cada rede social?

Você pode transmitir uma mesma mensagem de 100 formas diferentes.

Faça a conexão certa entre a sua mensagem e o local onde ela será exibida.

Se for publicar um vídeo, o Youtube possui audiência disposta a acompanhar o conteúdo por mais tempo.

Já no Instagram, poucos minutos são mais que suficiente. Por outro lado, o Pinterest já não é uma mídia voltada a vídeo, mas especialmente engajada por imagens.

Siga os principais players do seu segmento em cada uma das mídias e entregue a melhor versão da sua marca de acordo com o formato de cada uma delas.

Passo 3: Resolva problemas

Que tipo de informação o seu público precisa? Como você pode ajudá-lo? Quais as principais dificuldades que o seu cliente enfrenta no dia a dia?

Se você é capaz de auxiliar verdadeiramente, entregue solução e só depois que sua audiência se envolver com a sua marca, é que você deverá pensar em venda.

A estratégia é valor + valor + valor e só depois venda. Isso porque ninguém gosta de ser empurrado para a compra.

As compras são escolhas próprias e acontecem naturalmente quando se confia na marca.

Seja uma fonte de soluções para que seu público queira seguir o seu trabalho e, quando você anunciar uma venda imperdível, haverá pessoas engajadas que poderão ser impactadas pelas suas ofertas.

Do contrário, há grandes chances de você se tornar apenas mais um vendedor chato empurrando produtos e serviços.

Passo 4: Não venda na hora errada!

Existe um consenso que, para você vender, precisa ter a atenção, despertar o desejo e oferecer a solução.

AIDA: Atenção + Interesse + Desejo + Ação

Isso é um conhecimento comum no universo do marketing. E, se tem um negócio e quer usar as mídias sociais para fazer vendas, lembre-se dessa sigla antes de sair oferecendo freneticamente seus produtos e serviços.

As pessoas compram soluções e, muitas vezes, nem sabem que precisam daquilo.

Use a liberdade de criar conteúdo para educar seu público e, quando houver a busca pelas suas soluções, aí sim é o momento de vender.

Passo 5: Coerência com a Marca

Como sabemos, existe um mundo de possibilidade de conteúdos e formas de abordagem.

Se pesquisas revelam que o público curte determinado estilo de publicação, não adianta correr para fazer algo parecido.

Não se distraia com todas as oportunidades, mas sim foque naquelas que façam sentido com a sua marca.

Quando quiser explorar novas abordagens, experimente criar espaços próprios para isso.

Por exemplo, digamos que você é psicólogo e também subloca o espaço.

Não é muito estratégico usar o espaço de publicações da sua marca com conteúdos sobre sublocação. O ideal é criar uma página específica sobre isso.

Mesmo porque usuários interessados nas dicas sobre desenvolvimento humano possuem anseios diferentes do público que busca alugar salas comerciais.

Agora que você conhece os 5 passos de uma estratégia inteligente de mídias sociais, a pergunta que fica é: quais são os principais desafios que você está encontrando?

Por sinal, é importante ter em mente 5 alertas que podem fazer a diferença antes de começar a postar seus conteúdos. O uso das redes sociais para geração de tráfego é uma das ações mais importantes após a criação do site da sua marca. Nessa etapa, diversos erros são comuns. Fique por dentro antes de cometê-los. Para isso, continue a leitura em:

Redes Sociais: 5 alertas para você não errar

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Diogo Albrecht

Diogo Albrecht

Deixe seu comentário