Qual o segredo para o seu blog ficar na 1a página do Google?

Reza a lenda que posts no blogger são mais fáceis de rankear já que essa é uma plataforma do Google. Será?

Quer saber como fazer para os posts pegarem boas posições?

Então confira esse post até o final!

10 Anos Blogando ensinaram alguma coisas

Ao longo dos últimos 10 anos, construí uma rede de blogs de modo que alguns posts pegaram excelentes posições, enquanto outros não.

Testei posts no blogger, medium e no wordpress, alguns temas pagos e outros temas gratuitos.

Já consegui boas posições até mesmo usando site totalmente em html.

Ah, quando falo html, quero dizer que foi feito tudo na mão… sem nenhum tipo de editor para ajudar.. e no final das contas, sabe o que deu mais certo?

Continue lendo que você entenderá…

Mas antes de abrir a chave da 1a posição, você precisa dominar 5 boas práticas que identifiquei como padrão nos posts que indexaram melhor. Preparado? Boralá!

Dica 1: Use uma Headline de Alto CTR

Calma, calma…talvez você tenha achado essa dica meio louca..Headline? CTR? Como assim?

Mas é bem simples..headline nada mais é do que o título do seu post!

E é fato: se o título do seu post não for bom, não chamará atenção dos usuários. E, consequentemente, você terá poucos cliques.

Pior que isso: se você tem muitos views e poucos cliques, isso significa que você tem um baixo ctr, ou seja, uma baixa taxa de cliques.

Então você pode estar se perguntando: como usar uma headline boa? Como fazer uma headline poderosa?

Note: será necessário colocar a palavra-chave, ok. Mas você precisa ser esperto. Use a palavra-chave numa estrutura que trabalhe em conjunto com gatilhos mentais, ou seja, provoque o usuário e desperte sensações como curiosidade, escassez ou urgência, por exemplo.

Uma pesquisa do buzzsumo analisou 100 milhões de headlines e identificou um padrão naquelas mais compartilhadas.

Uma pesquisa do buzzsumo analisou 100 milhões de headlines e identificou um padrão naquelas mais compartilhadas. https://buzzsumo.com/blog/most-shared-headlines-study/

Pelo gráfico, é possível notar que o formato “x razões porque…” e “x coisas que você..” são formatos poderosos, estão entre os mais compartilhados.

Olhando com mais cuidado para essa pesquisa, tenho certeza que você obterá bons insights.

O ponto é caprichar no título tanto no uso da palavra-chave, mas principalmente no que diz respeito aos gatilhos mentais.

Cabe notar que não é só na headline do artigo que deve entrar sua palavra-chave. E isso nos leva a 2a dica:

Dica 2: Posicione estrategicamente a sua Palavra-Chave

Sua palavra-chave precisará estar posicionada em locais estratégicos do seu post.

Por que?

Quando o algoritmo “escanear” o seu post, é fundamental ficar claro que o seu conteúdo é relevante e aborda sobre o assunto buscado, ou seja, o assunto da “palavra-chave” usada na busca.

Portanto, se você fala sobre bolsa de valores, precisa certificar-se de que essa palavra esteja:

  • no título - ou seja: na headline do post;
  • nas 100 primeiras palavras do post;
  • nos intertítulos, também chamados de h1, h2, h3, h4;
  • nas 100 últimas palavras do seu post;
  • no nome das imagens;
  • e nas descrições das imagens através da tag alt.

E, falando sobre imagens, a dica 3 é justamente sobre isso:

Dica 3: Imagens estratégicas

A 3a dica é você tomar cuidado com as imagens.

A maioria dos blogueiros sabe que as imagens precisam ser profissionais.

Além disso, também sabem que a palavra chave principal, assim como suas variações, precisam estar na tag alt, ou seja, aquele conteúdo que aparece enquanto a imagem não é carregada.

Só que a maioria não se atenta para um fator crucial que é tamanho.. ou seja.. o peso das imagens.

Imagens com mais de 200 k já podem ser consideradas pesadas.

Agora Imagina um post cheio de imagens, com imagens de 300 kb, 500 kb, 700 kb… isso afetará drasticamente o tempo de carregamento do seu post.

Sabe o que acontece quando o usuário acessa um site que demora vários segundos para carregar?

Ele desiste. Simples assim.

Seu visitante volta paro o Google e clica no próximo site.

Isso afeta o seu bounce rate, que é justamente sua taxa de rejeição

Se muitos usuários acessam a sua página e desistem de esperar o carregamento, o Google tende a jogar seu site para trás por um motivo muito simples: seu site não tem capacidade de reter os usuários.

E o Google sempre quer entregar a melhor experiência possível. Afinal, esse é o jogo dele!

Por isso, vou dar uma sacada incrível para compactar o peso das imagens, que é o seguinte:

Depois que você estiver com a imagem pronta, acesse kraken.io e clique em try free.

Arraste a imagem que você deseja compactar e aguarde a conclusão.

Às vezes, a diferença é absurda e é possível reduzir mais de 50% do peso.

Dica 4: Tenha um post confiável!

Quanto mais compartilhável for seu post, mais poderoso ele é percebido pelos buscadores.

E o que faz um post ser compartilhável?

Pensa comigo: como você se comporta na hora de fazer uma pesquisa?

Digamos que você queira recomendar um calmante natural para um amigo.

Você entra no Google e busca ideias: qual o melhor calmante natural?

Daí aparecem alguns resultados:

 

  • um post diz que chá de cidreira é o melhor calmante natural
  • já o outro post diz que o dr.xpto recomenda o chá de cidreira para acalmar ansiedade


Qual deles vc recomendaria?

É exatamente assim que funciona o sistema de busca!

Ele vai fazer o possível para entregar a melhor informação no topo do resultado para o usuário que estiver fazendo a pesquisa.

E a credibilidade da informação é um fator PODEROSO.

Por isso, quanto mais fundamentos científicos, estudos e pesquisas de sites relevantes estiverem associados ao seu conteúdo, maiores as chances de conquistar bom posicionamento.

E para o algoritmo do Google enxergar essas referências, adicione links para sites externos que embasam as suas informações.

Considere que a pergunta é: “posso confiar no que vc está me falando?”

Quanto mais útil e [confiável] for seu post, mais poderoso ele se tornará.

Agora, tem um fator crucial para seu blog ganhar valor e também mais autoridade perante o algoritmo do Google… e isso nos leva para a quinta dica.

Dica 5: Backlinks

Eu disse aqui que seu post precisa ser confiável. Isso aumenta as chances de menções e  compartilhamento, provando que o post é útil.

Mas e se as pessoas simplesmente não compartilharem?

Você pode dar esse empurrão!

Uma das boas práticas é a conquista de backlinks, ou seja, outros sites linkando para o seu post.

Ao invés de cruzar os braços e torcer para gerarem links para o seu post, você pode partir para ação!

Existe uma forma de agitar esse processo de backlinks que é através de guest post. 

Produzir conteúdo para outros blogs contendo link para o seu post é uma forma de parceria muito estratégica.

Você pode identificar blogs do seu segmento ou de nichos que tenham sinergia com seu conteúdo e se oferecer a produzir conteúdo exclusivo de forma gratuita. 

Quem faz isso tem visão de longo prazo pois sabe que a indexação não é da noite para o dia; mas quando ela ocorre, gera muito resultado.

Inclusive, existem ferramentas pagas que auditam o seu blog e até mesmo recomendam blogs e fóruns com boas métricas para você considerar na hora de montar uma estratégia de parceria.  Sugiro que dêuma olhada na semrush.

No momento que publicamos esse conteúdo, a semrush oferece 7 dias gratuitos de teste. Tempo suficiente para você levantar algumas possibilidade de backlinks.

Dica Bônus: A Chave

E, conforme mencionamos no início desse post: será que conteúdo do blogger é mais fácil de rankear?
De todos os testes que fiz, quer saber qual post pegou melhores posições?

Veja bem: nenhum dos posts que tenho mais bem posicionado são do blogger.

Isso não quer dizer que essa plataforma é mais fácil ou mais difícil como alguns dizem por aí..

Qual a melhor plataforma? Depende!

Qual a chave da 1a posição? A resposta é simples: relevância.

O próprio Google diz isso: o objetivo é entregar o post mais relevante possível.

Então, qualquer que seja a sua plataforma, se o seu conteúdo é estratégico e útil, bom o suficiente para estar na 1a posição, eu tenho certeza que você atingirá a meta.

Faça um post 10x melhor que o post da 1a posição, 10x mais relevante que todos os 10 primeiros resultados.

Talvez não pegue a 1a página agora, nem em semanas…mas se você tem algo de valor e dedica o tempo necessário, eu tenho certeza que conquistará seu objetivo.

Conclusão

Tenha um post relevante.

Capriche na headline.

Otimize o conteúdo.

Otimize suas imagens.

Seja confiável.

Atraia backlinks.

E tenha resiliência!

Os resultados orgânicos demoram, mas como tudo na vida:

Plante hoje para você colher amanhã!

Tenho certeza de que você é capaz!

A maioria não lê todo o conteúdo. A maioria não estuda nem se preocupa em aplicar os ensinamentos até atingir o sucesso que merece.

Mas se você está aqui, deixe seu comentário ou envie uma mensagem.

Você não é a maioria, você faz parte justamente da minoria que se diferencia, que corre atrás, que luta pelos seus objetivos e é um orgulho imenso receber mensagens de pessoas como você.

Grande abraço, e muito sucesso para o seu blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *